RICARDO CAPPELLI: “Como as democracias morrem”

O Best-Seller do New York Times “COMO AS DEMOCRACIAS MORREM”, apresenta importantes reflexões sobre a escalada autoritária em pleno século XXI.

Os autores apontam aspectos técnicos e indícios muito interessantes de como fechamentos democráticos estão se constituindo no mundo com as “instituições funcionando normalmente.”

O livro alerta para a ameaça que Trump significa, e defende como tática para derrotá-lo a receita de Dimitrov: Frente Ampla contra o Fascismo.

Escrito por dois liberais, comete o equívoco de subestimar as crises do capitalismo como molas propulsoras da ascensão autoritária dirigida pelo capital financeiro.

Erra também ao abstrair aspectos da luta de classes em países com formações sociais e econômicas completamente distintas. Iguala diferentes, estabelecendo padrões de comparação no mínimo questionáveis.

Apesar disso, os relatos impressionam pela similaridade com o que estamos vivenciando no Brasil. Vale a leitura.

Por Ricardo Cappelli

1 Comentário

Deixe uma resposta