JONES MANOEL: A questão do “Lula livre” nos atos

Esse debate sobre ter ou não faixas e gritos de “Lula livre” nos diversos atos é muito interessante. Acho, inclusive, ela bastante importante como aprendizado e demonstração de uma tese.

Que aprendizado e que tese? Dizem a torto e a direito que Lula é o maior líder popular da história desse país e talvez até da América Latina. Porém, contudo, todavia, NÃO EXISTE nenhum movimento de massas pelas sua liberdade. Uma coisa é o sujeito que vota em Lula. Outra coisa é essa pessoa tá disposta a sair de casa por Lula.

Lula, como eu e um monte de gente antes de mim já disse, é um líder eleitoral com apelo popular. Não mais um líder popular. Líderes populares, quando presos, engendram a criação de movimentos de massa em sua defesa. Foi assim com Miguel Arraes, Lula dos anos 80, Perón, Prestes, Gregório Bezerra, Hugo Chávez e tantos outros.

O fato de debater se pode “Lula livre” ou não em atos em defesa da educação só mostra como essa pauta, por si só, NÃO TEM QUALQUER CAPACIDADE DE MOBILIZAÇÃO.

O lulismo não queria militantes. Queria eleitores. E eleitor só aperta o botão da urna e volta para casa. O criado não pode agora estranhar a criatura.

Por Jones Manoel

4 Comentários

  • Que babaca!
    Não entende que isso está acontecendo somente pq o Lula foi preso por uma “justiça” que baseou as provas em matérias midiáticas?A luta pela liberdade do Lula é essencial para qualquer movimento. O Coiso só conseguiu se eleger pq Lula estava preso. Enquanto isso temos que ir para a rua protestar contra cada barbaridade que esse que se diz presidente faz.
    O movimento Lula livre existe e só não consegue mais forças pq o povo foi massacrado com a mídia dizendo Lula ladrão, PT corrupto!
    Acoooorda

    1

    3

  • O autor do post deve ser da ala podre do PT que rifou Lula. Tudo que ele fala é puro cinismo, pois existe um contexto que ele desconsidera. Muito bem lembrado pela companheira Tatiana que a própria mídia , ou melhor, a Globo, se incumbiu em dividir o pais entre Lulistas e pessoas de ” bem”. Não quero ver Lula na Presidência, mas livre por direito á vida. A direita fascista representada por Michel Temer conduziu a situação do trabalhador deste Pais num salve-se quem puder. Como mobilizar massas que lutam por sobrevivência? Por outro lado não temos representantes nacionalistas pra criar uma grande frente contra os ladrões de nossa soberania. Todos querem cargos e se aproveitam de qualquer manifestação pra lacrar sua presença. Repudio com todo desprezo a presença de figuras políticas oportunistas que se infiltram nas mobilizações. Quero ver gente comprometida com a causa e desprendida de projetos políticos.

    0

    0

  • Querer colar nas manifestações a ideia de que foram capitaneadas por um movimento “Lula Livre” foi a forma dos governistas de tentarem desclassificar os participantes. Essa é a palavra de ordem, já usada outras vezes, com postagens de nus, sejam eles de onde forem, e com a ofensa do presidente aos participantes. Agrada àqueles seguidores fanáticos, que tem um inimigo a combater e se mobilizam nas redes sociais. Pouco importa se o movimento foi de uma parcela não muito expressiva, que inclusive não esteve presente em algumas das cidades. Os dois extremos querem impor a ideia de que ela foi sim protagonista, cada um com seu propósito. A verdade é outra.

    0

    0

  • Vendo tantos aplausos a ciro de seus seguidores quando este se ergue como o voz da razão da esquerda e como a melhor estratégia para o anti-petismo, quase que culpando lula por sua própria prisão e perseguição que vem recebendo cabe uma ponderação… como seria se Lula e o PT perdesse o protagonismo da esquerda e transferido para ciro ameaçando o stabilishment neoliberal e a direita e sua jutiSSa o prendesse por qualquer pedalada? Como se comportaria seus apoiadores, diriam ? Ciro está preso babaca? Bom, como o “se” não entra em campo só nos resta esperar mas já adianto que quando vc cospe pra cima tenha certeza o cuspe volta direto para sua cara.

    0

    0

Deixe uma resposta