Morreu Marcelo Yuka, fundador, compositor e baterista do Rappa

marcelo yuka rappa

Morreu o baterista e ativista social Marcelo Yuka, na madrugada deste domingo, em decorrência de um AVC no dia 2 de janeiro desde quando estava internado, no Rio de Janeiro. Yuka tinha 53 anos.

Fundador e principal letrista do “O Rappa” até 2000, Marcelo Yuka saiu da banda após ficar paraplégico em consequência de um assalto em que fora baleado nove vezes.

É compositor de boa parte dos clássicos da banda carioca e um dos letristas mais competentes de sua geração.

Foi candidato a vice prefeito do Rio de Janeiro em 2012 na chapa do hoje deputado federal Marcelo Freixo.

Era militante dos direitos humanos e tinha uma forte atuação na área de segurança pública, tema majoritário de suas canções. Também tinha forte atuação na defesa das pesquisas com células tronco, que poderiam ajudá-lo a reverter sua situação.

Em suas letras, a compreensão do fenômeno da miséria e suas consequências práticas na violência são abordadas com maestria, notadamente no disco “Rappa Mundi” de 1996.

Num Brasil injusto e que caminha a passos largos para a barbárie, Marcelo Yuka deixa um legado de amor.

Deixe uma resposta