Rodrigo Janot, ex-PGR, revela que foi armado ao STF para matar Gilmar Mendes e vira meme

Rodrigo Janot, ex-Procurador Geral da República no auge da Operação Lava-Jato, revelou, em entrevista a jornais e revistas, que foi armado ao Supremo Tribunal Federal para matar o ministro Gilmar Mendes e suicidar-se depois.

Segundo o procurador aposentado a querela dizia respeito à sua filha: “Foi logo depois que eu apresentei a sessão de suspeição dele no caso do Eike. Aí ele inventou uma história que a minha filha advogava na parte penal para uma empresa da Lava Jato. Minha filha nunca advogou na área penal… e aí eu saí do sério.”.

E foi enfático sobre sua intenção: “Não ia ser ameaça não. Ia ser assassinato mesmo. Ia matar ele (Gilmar) e depois me suicidar.”.

Após a divulgação da entrevista, a internet foi tomada por piadas e memes sobre o assunto.

Existe um tuíte do Eduardo Cunha para tudo.

 

Deixe uma resposta