GILBERTO MARINGONI: André Lara Resende e Ciro Gomes, grata surpresa de fim de ano

Recomendo fortemente que se assista a este diálogo entre André Lara Resende e Ciro Gomes, mediado por Mara Luquet. Trata-se de uma troca de ideias em alto nível sobre economia, democracia e saídas para o país.

Lara Resende se tornou, nos últimos dois anos, o mais original e ousado economista brasileiro ao radicalizar uma visão já presente em Keynes sobre o papel da moeda como unidade monetária e não como mercadoria universal. Adotando o que ficou conhecido como MMT (Teoria Monetária Moderna), ele mostra como um país endividado na própria moeda que emite não enfrenta restrições externas e nem problemas fiscais sérios.

Ciro, por sua vez, é a única liderança nacional que decidiu colocar suas ideias sobre desenvolvimento no papel – em seu livro “Projeto nacional, o dever da esperança” – e submetê-las ao escrutínio público. O pedetista recupera a chamada “questão nacional” como centro de suas formulações, redefine o papel do Estado e busca construir um projeto viável de futuro.

Tenho rematadas críticas à atuação política do ex-governador do Ceará, em especial por suas movimentações dos últimos meses. A meu ver, elas não param em pé e batem de frente com suas formulações. Trata-se de uma ilusão com a direita liberal, de que ela aceitaria uma aliança cujo objetivo central seria romper com os constrangimentos financeiros que paralisam nossa economia e nos levam à rota do abismo. E também não sei se Ciro deixou para trás uma visão estática de política fiscal – em especial em sua concepção de reforma da Previdência – que o aproxima da ortodoxia econômica aplicada com nuances pelo PSDB e pelo PT no último quarto de século.

De todo modo, o diálogo está na mesa. Dura uma hora, que passa voando.

2 Comentários

  • Infelizmente a esquerda pura não ganha uma eleição majoritária. E para realizar um projeto nacional de desenvolvimento é necessário, obviamente, ganhar a eleição. O que é fundamental é que as alianças se façam sob a luz do dia, em cima da mesa e em torno das idéias que fundamentam um projeto de nação.

    3

    0

  • Em primeira mão, votei em Ciro Gomes no peito de 2018, claro, no primeiro turno. Em segunda mão, estou lendo o seu livro mais recente. Em terceira mão, caso saia candidato vou votar nele!

    0

    0

Deixe uma resposta