A Nova República vai entregar nossa terra aos estrangeiros

A terra de um país é a base da existência do seu povo, pois é a plataforma física da alimentação, da habitação, da indústria, enfim, de toda e qualquer atividade humana. Quem controla a terra de um país, controla os seus destinos.

Foi por isso que o Médici, em 1971, restringiu a venda de terras a estrangeiros. Herança da ditadura, sim, herança boa, mais uma que a Nova República destrói. Aliás, qual herança boa, de qualquer momento da nossa história, que a Nova República não destruiu ou não se encaminha para destruir?

Para concluir, lembro das precisas palavras do grande economista e sociólogo Gunnar Myrdal, um dos poucos suecos que deram bons conselhos aos demais países:

“Algum país ocidental ficaria satisfeito em ter grandes enclaves de exploração dos seus recursos naturais nas mãos de corporações estrangeiras, frequentemente tão grandes, mesmo em suas matrizes, que são capazes de influenciar suas políticas externa e econômica?”

Endereço da notícia: https://www.canalrural.com.br/noticias/venda-terras-brasil-china-eua-europa/

A Nova República vai entregar nossa terra aos estrangeiros

1 Comentário

Deixe uma resposta