GUSTAVO CASTAÑON: Abraço, Tabata, boa sorte!

tabata amaral reforma da previdência (2)

Acabo de assistir ao vídeo da Tabata declarando seu voto por essa reforma da previdência, dizendo que o fez não por dinheiro de emendas, mas por convicção.

Acredito que não fez pelo dinheiro de emendas.

Há muitos dinheiros no mundo.

Certamente não fez para tornar o Brasil mais inclusivo, como afirmou no seu vídeo. Essa afirmação é uma vergonha. Ela poderia ter dito que era pelo equilíbrio fiscal, para o Brasil voltar a crescer, afinal há muitos retardados que acreditam que essa reforma que passou, é pra isso.

Mas não. Ela quis escarnecer do PDT.

Essa reforma não ataca privilégio nenhum. Ataca os miseráveis.

Que emenda ela apresentou contra privilégios na reforma?

Tabata foi treinada, aprendeu a pensar e fazer política com o poder do dinheiro, em “movimentos” criados por milionários para formar uma nova geração de políticos para defender seus interesses em sintonia com a juventude e as redes.

Ela troca a defesa efetiva dos mais pobres por pautas identitárias e um discurso reafirmando sua origem (identidade como pobre), mesmo já tendo ascendido a classe média. Defende a educação mas tira o direito à aposentadoria dos brasileiros.

Não creio que devamos ofender a Deputada. Ela pode não gostar, mas a verdade é que é realmente uma menina, apesar da arrogância e inflexibilidade total, que indica não independência, mas total falta de independência.

Tem somente 25 anos, tem o direito de errar. Sabe que foi eleita com o dinheiro da direita e a mídia que a Globo lhe abriu. Cedeu aos tapetes vermelhos.

Humano, demasiado humano.

Quem sabe um dia ela decida defender os interesses daqueles de onde ela veio, pode ser, tudo pode. Quando ela não conseguir mais enganar a si própria vai ter que tomar essa decisão. Mas ainda terá que aprender que isso não acontecerá recebendo ordens de Luciano Huck e elogios da Globo.

Pode ser que ela tenha feito por convicção. Mas independentemente disso tem que ser respeitada. Igualmente, ela também tem que respeitar um partido que tem convicção e não usá-lo como um doador de número eleitoral.

Ela cuspiu no partido que inventou a aposentadoria no Brasil votando por sua extinção.

Cuspiu.

Ingênuos agora falarão “eu avisei”, como se prever que novos deputados se vendam para seus patrocinadores seja uma grande sagacidade política.

Estamos aqui para disputar isso, essa sempre foi nossa história, a força da convicção contra a força do dinheiro.

Vamos sempre tentar trazer promessas para nosso lado, para o lado difícil da história, o lado dos fracos, o lado sem tapetes vermelhos.

Temos obrigação de defender nossos companheiros de partido que não fizeram nada errado.

Hoje, a Tabata não é mais nossa companheira de partido.

O partido dela é o “Acredito”, ou o “Renova BR”.

E tem gente que acredita em Luciano Huck, é a vida. É a luta.

A vida política não é o “lata-velha” nem a “porta da esperança”.

Que ela siga o caminho dela.

Continuará tendo meu respeito e admiração pessoal.

Eu de minha parte estou avisando aqui, sem ter falado com ninguém depois de ver o vídeo dela, que defenderei sua expulsão do partido, com muito cuidado para não desrespeitar a figura humana que, do ponto de vista pessoal, continua admirável.

E inicialmente entrar com um pedido de restituição de mandato no Supremo, porque ele pertence ao partido. Caso o Supremo nos dê ganho de causa, a gente expulsa todos os outros.

Então porque começar pela Tabata?

Porque o caso dela é mais grave.

Ela obedece a outro partido. E um partido ilegal.

tabata amaral reforma da previdência (2)

15 Comentários

  • Uma pena. Mesmo que votasse contra, já sabíamos a sua intenção. Uma pena.

    0

    0

    • Ingênuos agora falarão “eu avisei”, como se prever que novos deputados se vendam para seus patrocinadores seja uma grande sagacidade política.

      0

      0

  • Um abraço Tábata vai pela sombra aos companheiros que sempre avisaram dela minhas sinceras desculpas estamos na luta por um Brasil mais justo, mas parece que não é o que Batata quer. Até a luta!

    2

    0

  • Gostei muito do seu texto e de seu modo de tratar o outro, no caso a outra.Quanto a questão do “eu avisei,” no meu caso, só me deixa triste ter acertado.Perdemos uma pessoa que poderia ser mais uma , do lado de luz da força. Mas não, ela escolheu o lado negro da força . Agora #Tabatatraidora do povo trabalhador . A história não perdoa.

    2

    1

  • Tabata e mais 7 outros pedetistas votaram a favor da reforma, do fim da aposentadoria.

    0

    0

  • LIANE MUHLENBERG porque o lado ruim da força tem que ser negro?

    1

    1

  • No dia que TODOS os deputados e senadores do PDT e outros partidos abrirem mão de suas aposentadorias especiais, seus planos de saúde vitalícios, seus inúmeros auxílios, seus inúmeros assessores-cabides, suas benesses que a grande maioria da classe trabalhadora que dizem defender não tem acesso, aí sim terão moral para atacar e expulsar essa “menina”, cujo pecado é pensar no país e não no partido unicamente.

    0

    1

  • Cartão vermelho nessa traíra nas próximas eleições e expulsão de tdos do partido q não honrrou T dos Trabalhadores.

    1

    0

  • Como eleitor do PDT, me sinto mal com a possibilidade de deputados(a) como a Tabata serem expulsos. Lembro a todos que responsabilidade fiscal é um fator fundamental para a concretização do Projeto Nacional de Desenvolvimento apresentado pelo partido na última eleição.

    0

    2

  • Curioso como uma novata desperta tanta atenção.
    Acredito que esta mocinha por muito tempo continuará atraindo enorme visibilidade.
    Reparem que este site , tem pequena visibilidade , eu provavelmente não voltarei nele.

    0

    0

Deixe uma resposta