Ato unificado pelo Dia Internacional das Mulheres em São Paulo

O Portal Disparada realizou cobertura fotográfica e acompanhou o Ato unificado pelo Dia Internacional das Mulheres em São Paulo – SP, nesta quinta (08) de março.

O Dia Internacional da Mulher contou com manifestações por todo o país, em dezesseis cidades, com mobilizações também no campo.

Em Belém – PA, trabalhadoras rurais acompanharam sessão especial na Assembleia Legislativa, organizada em pauta do Dia Internacional de Luta das Mulheres, com a discussão do tema “Pela Vida das Mulheres na Amazônia e pela Democracia. Nenhum Direito a Menos”.

Em Maceió- AL,  trabalhadoras do Movimento Sem Terra (MST) ocupam na terça-feira (6), o prédio da secretaria estadual de agricultura, pleiteando audiência para discussão da reforma agrária. Trabalhadoras de Alagoas também ocuparam a sede da Eletrobrás, contra a privatização das empresas públicas.

Nas capitais metropolitanas, neste dia 08, movimentos feministas convocaram atos unificados, com a abordagem de inúmeros temas, como a violência de gênero e a vida das mulheres, que são vítimas de estupros, feminicídios e abortos clandestinos, além dos avanços na igualdade de gênero, inclusive no âmbito econômico e na diferença salarial.

Foram pautados também os retrocessos dos direitos sociais no Brasil.

Em São Paulo – SP,  o ato unificado do Dia Internacional de Luta das Mulheres teve o tema “Pela vida das mulheres, democracia e soberania! Temer sai, fica aposentadoria!”, e reuniu cerca de 15 mil pessoas, com concentração na Praça Oswaldo Cruz, no bairro do Paraíso, às 16hs, com destino ao escritório da Presidência da República.

Ocupando uma das pistas da Avenida Paulista, sob organização de movimentos sociais e estudantis, de coletivos feministas e de grupos de mulheres integrantes de partidos políticos como PT, PSOL e PCdoB, a marcha deu voz a protestos contra a violência de gênero em todas as suas formas de manifestação e ao governo de Michel Temer, especialmente aos retrocessos representados pela reforma da previdência.

Texto por Amanda Salgado e Beatriz Miquelin.

Fotos por Amanda Salgado.

Deixe uma resposta