Bolsonaro enfrenta os gordos nos ‘país de maricas’

“No meu tempo era na porrada. Agora chamar um cara de gordo é bullying. Nós temos como mudar o destino do Brasil”.

“Todos nós vamos morrer um dia. Não adianta fugir disso, fugir da realidade, tem que deixar de ser um país de maricas”.

Segundo o Jair Bolsonaro, o grande problema do Brasil é o gordo.

Toda flacidez será castigada!

O presidente é um homem de foco. Em meio a uma pandemia que desempregou os poucos empregados que restavam, resta-nos a tranquilidade de estarmos assistidos por um psicopata. Nada pode ser pior ou mais perigoso do que o momento em que estamos. Assim sendo, por estarmos no ápice da degradação, só nos resta melhorar. O otimismo paira sob o bacalhau.

Só cuidado pra não engordar. No tempo dele é tudo na porrada.

O presidente é um homem de foco. Em meio a uma pandemia que desempregou os poucos empregados que restavam, resta-nos a tranquilidade de estarmos assistidos por um psicopata. Nada pode ser pior ou mais perigoso do que o momento em que estamos. Assim sendo, por estarmos no ápice da degradação, só nos resta melhorar. O otimismo paira sob o bacalhau.

Deixe uma resposta