Após declaração contra o partido, Bolsonaro vai deixar o PSL

O presidente Jair Bolsonaro irá deixar o PSL de acordo com a revista VEJA. Uma fonte próxima ao presidente disse ao blog Maquiavel da revista que ele já decidiu por se desfiliar do partido pelo qual se elegeu.

Os conflitos entre Bolsonaro e o PSL são antigos, entre eles o envolvimento de laranjas nas campanhas sua e de seu filho, Flávio Bolsonaro, que se elegeu senador. Ontem, na saída do Palácio da Alvorada, Bolsonaro disse a um apoiador: “Esquece o PSL.”, e ainda criticou o presidente do partido, Luciano Bivar: “Está queimado pra caramba.”

Bivar, que preside o PSL e é deputado federal por Pernambuco disse ao blog da Andréia Sadi que Bolsonaro já está afastado, indicando que também quer que o presidente saia do partido: “A fala dele foi terminal, ele já está afastado. Não disse para esquecer o partido? Está esquecido.”.

Deixe uma resposta