GUSTAVO CASTAÑON: Filme rebobinado

Ciro é o único político brasileiro que tem conhecimento e capacidade para ilustrar todas as suas afirmações com dados e números da realidade nacional.

Dados e números muitas vezes chocantes, que nossa elite não quer expostos.

ciro gomes itaú piauí

Ele faz isso às dezenas numa entrevista e centenas numa palestra.

Faz de cabeça, mas depois de estudo.

Nos últimos dias, depois de 30 dias ininterruptos na rua, dando em média uma entrevista e uma palestra por dia, ele errou dois números de fato.

O primeiro, trocou o crescimento do Brasil no século XX inteiro, pelo do período entre 45 e 80. Um erro totalmente inofensivo.

O segundo, errou o número de pessoas com carteira assinada há dez anos atrás. Deve ter usado dados de duas fontes diferentes consolidando dados diferentes e errou. (PS: ele não errou na Jovem Pan, a resposta vem aí)

Foi o bastante para os liberais voltarem com a ladainha de que ele “inventa dados”.

Isso é uma tremenda covardia com um ser humano de carne e osso submetido a uma agenda sobre-humana.

Esses vagabundos em vez de fazer isso tinham é que estudar e qualificar o debate político e econômico com mais dados e menos ideologia, exatamente como Ciro faz até a exaustão.

Mas dado errado a gente corrige, falta de caráter, não.

Deixe uma resposta