Cid Gomes: “O Lula tá preso, babaca”

Na noite de ontem, em ato de campanha de Haddad no Ceará, o ex-governador do estado Cid Gomes fez uma fala dura de ataque ao PT. Dentre outras pérolas, disse que o PT “tem que fazer um mea culpa”, “ vai perder a eleição e bem feito”, e a grande frase que estampa os jornais desta terça: “ O Lula tá preso, babaca” (dirigindo-se à um militante da plateia).

Cid Gomes foi o articulador e coordenador da campanha de seu irmão Ciro Gomes. Tido como mais político e moderado, Cid mostrou o oposto na noite de ontem.

Até os ouvidos mais surdos sabem do trabalho do PT para esvaziar o arco de alianças de seu ex-aliado cearense. Lula chantageou o PC do B e entregou uma jovem promessa de seu partido em troca da neutralidade do PSB. Uma tática cruel para com quem defendeu os governos petistas de forma quase solitária. Vindo de quem vem, não surpreende.

Sem sombra de dúvida, o momento do desabafo foi inapropriado. Cid teria tempo para vilipendiar o corpo morto petista depois do dia 28. Talvez um gene familiar pouco afoito ao bom senso tenha atacado-o. Ou a mágoa de ter sido traído por Lula. Cid enterrou de vez qualquer chance de uma frente ampla. Terminou de isolar a moribunda candidatura petista e pôs às vísceras à mostra. O PT perdeu a eleição e entregou o país ao Bolsonaro em troca de sua própria sobrevivência. O Brasil inteiro sabe disso. Mas o momento definitivamente não era oportuno. Cid perdeu uma grande chance de ficar quieto. Mesmo tendo razão.

Em tempo, Cid Gomes consolidou sua opinião através de seu Facebook, na manhã desta terça-feira. Disse que Haddad deveria fazer uma autocrítica firme e gesticular um governo suprapartidário.

Carlos Lupi, presidente nacional do PDT, manifestou-se em favor de Cid e afirmou que as críticas feitas por ele “representam majoritariamente o sentimento da sigla”.

Agora Inês é morta. Jair Bolsonaro é o próximo presidente do Brasil. A truculência e o autoritarismo estão no poder central via voto, com a ajuda babaca de Lula, que continuará preso mas com base parlamentar forte.

Cid tem razão, mas não agora.

3 Comentários

  • pena que a coordenação da campanha do Ciro está abrindo mão de seu papel histórico nesse momento.

    1

    4

  • A ines morreu qdo o pt fez de tudo para impedir que o Ciro Gomes chegasse ao segundo turno.
    Mesmo sabendo que seu candidato não teria condições de vencer.

    2

    0

  • Pois eu quero que os Gomes e o PT se reunam e vivam juntos em Curitiba.

    0

    0

Deixe uma resposta