Ciro Gomes denuncia submissão de Bolsonaro a Trump na crise do Coronavírus

O vice-presidente do PDT e terceiro colocado nas eleições presidenciais de 2018, Ciro Gomes, denunciou em suas redes sociais o papel de Eduardo Bolsonaro, e seu pai, o presidente Jair Bolsonaro, na tática do imperialismo xenófobo norte-americano organizado por Steve Bannon e o presidente dos EUA, Donald Trump.

Os ataques à China com acusações infundadas sobre o surgimento e disseminação do coronovírus fazem parte de um contexto geopolítico de disputa entre as duas potências. Como em outros momentos históricos, a xenofobia e o racismo cumprem papel ideológico central na disputa pela hegemonia do imperialismo.

Ciro Gomes denuncia submissão de Bolsonaro a Trump e Bannon na crise do Coronavírus 2

Ciro Gomes apontou que essa “conspiração internacional” contra a China responde a interesses da “grana do petróleo, da grande finança de Wall Street e da ultradireita norte-americana”. Confira a íntegra dos tuítes do ex-governador do Ceará:

Ciro Gomes denuncia submissão de Bolsonaro a Trump e Bannon na crise do Coronavírus

1 Comentário

Deixe uma resposta