RICARDO CAPPELLI: O Tucano Águia: FHC tenta aliança do PSDB com Marina Silva

FHC, o principal estrategista Tucano, é a águia a ser observada. Já percebeu que sua receita “seca”, com os neoliberais tardios e anacrônicos Pérsio Arida e Armínio Fraga, não passa no voto. Inteligente, tenta uma manobra diversionista: colocar seu PSDB na vice de Marina Silva.

A candidata da Rede defende a autonomia do Banco Central, possui fortes ligações com a Banca, é ambientalista, evangélica, veio da esquerda, herda votos de Lula, um “produtão” diante do seu picolé de chuchu. Com um partido minúsculo, Marina seria completamente refém.

É difícil o movimento dar certo. O ex-governador paulista resistirá, mas a frieza dos números e o pragmatismo dos financistas da Avenida Paulista pode acabar falando mais forte. Se acontecer, há de se reconhecer, será uma jogada de mestre que recolocará a elite paulistana no jogo.

Por Ricardo Cappelli

FHC, o principal estrategista Tucano, é a águia a ser observada. Já percebeu que sua receita "seca", com os neoliberais tardios e anacrônicos Pérsio Arida e Armínio Fraga, não passa no voto. Inteligente, tenta uma manobra diversionista: colocar seu PSDB na vice de Marina Silva.
Marina e FHC em palestra no Instituto do ex-presidente

1 Comentário

Deixe uma resposta