O gabinete do ódio do PT acusa o Ciro de ter um gabinete do ódio

Bicho, é surreal. O Renato Rovai, dono da Revista Fórum, meteu uma matéria dizendo que o Ciro Gomes tem um gabinete do ódio, e foi repercutido por todo o resto da mídia alternativa petista, Brasil 247, etc.

O gabinete do ódio do PT acusa o Ciro de ter um gabinete do ódio 3

As “provas” da existência de um gabinete do ódio cirista são prints de um grupo de Facebook chamado “Ciro Gomes 100%”. No tal grupo, os literalmente milhares de ciristas postam links sobre vários assuntos relacionados ao Ciro, falando bem ou mal dele, e discutem internamente, inclusive um monte de bobagens. Mas além disso, as vezes algum deles vai lá e posta um link de um post falando mal do Ciro para mobilizar a “turma boa” a ir lá defender o candidato deles e criticar os adversários, isto é mais uma prática política que todos os partidos fazem. Se está certa ou não é outro debate. Evidentemente rola baixaria, essa é a tônica da internet, da qual ninguém está imune, seja bolsonarista, lulista, cirista, lavajatista, boulista, etc.

O desabafo do Igor Fuser sobre como os petistas responderam na postagem do Gilberto Maringoni mostra isso. Ele diz: “há 24 horas, aproximadamente, o Maringoni está passando por um linchamento nas redes sociais por conta de um comentário que publicou no Facebook sobre o desempenho do PT nestas eleições (…). Entre as centenas de reações que essa sequência de frases despertou, boa parte é ofensa pura, agressão barata no típico estilo bolsonarista. Gente que nem o conhece, não tem a mínima noção da sua trajetória militante, se julga no direito de destampar a própria latrina mental contra o companheiro valoroso, decente e honrado”.

Por isso é ridículo, e incrivelmente hipócrita, comparar uma mobilização espontânea em defesa do Ciro Gomes, um bicho que é caluniado o tempo inteiro pela direita e pela esquerda, com o Gabinete do Ódio do bolsonarismo que é LITERALMENTE um Gabinete dentro do Palácio do Planalto, liderado pelo filho Carlos do Bolsonaro, o vereador-federal, que usa dinheiro público para montar sites de fakenews, administrar robôs nas redes sociais, e impulsionar massivamente discurso de ódio baseado em análise de big data. Gabinete do Ódio é coisa séria, contou com a participação do Steve Bannon, mas é bem maior que uma pessoa, um vilão que fica em sua sala de controle. Faz parte da estrutura de corporações.

O que existe de mais parecido com isso é JUSTAMENTE a rede de sites petistas, que por muitos anos foi financiada por contratos públicos, legalmente diga-se, sem nenhum moralismo com isso, para defender o PT e praticar discurso se não de ódio ou fakenews, mas no mínimo narrativas questionáveis, oportunistas e por vezes mentirosas sim, contra todos os adversários do poderoso chefão petista Lula, inclusive os de esquerda que se colocam como alternativa ao lulismo, tal como o terceiro colocado nas últimas eleições presidenciais, Ciro Gomes. Pois bem, a narrativa do Rovai é tão BIZARRA, que até outras linhas auxiliares do petismo tripudiaram.

O gabinete do ódio do PT acusa o Ciro de ter um gabinete do ódio

Na verdade, o que o Rovai fez foi DEMONSTRAR A FORÇA ESPONTÂNEA do Ciro nas redes. Aliás, muito pelo contrário, esse é um dos EQUÍVOCOS SEVEROS da estratégia do Ciro, o de não investir profissionalmente em redes sociais, com análises de dados, pesquisas qualitativas e quantitativas para subsidiar seus discursos, ou mesmo disseminar suas narrativas já consolidadas. O que acontece é a turma profissional do PT tocando o terror pra cima de quem é pura militância ideológica e apaixonado por seu líder.

E digo mais, é ótimo que isso esteja acontecendo! Mostra que Rovai e seus correlatos do 247, DCM, etc., estão apavorados, pois não vão mais ser os monopolistas da mídia alternativa. Agora existem outras vozes na rede, e que não se submetem ao discurso oficial lulista. E como não poderia deixar de ser, a turma boa continua sua luta sem receber um real por isso e sem medo da patrulha petista. Gente, vamos lá?

O gabinete do ódio do PT acusa o Ciro de ter um gabinete do ódio 2

4 Comentários

  • Pessoal, li agora a matéria da Revista Fórum (um dos veículos do PIGuinho vermelho) que acusa Ciro de ter um gabinete do ódio. É ridícula!
    Faço parte da #TurmaBoa e administro uma pequena página vinculada à Rede Ciro (iniciativa que integra várias páginas ciristas no facebook). O indivíduo mais citado na matéria (Miguel Cândido) é realmente administrador do grupo “Ciro Gomes 100%”, mas não é líder da Turma Boa, não participa da Rede Ciro, muito menos tem nenhum contato com Ciro Gomes. Vários membros da #TurmaBoa, inclusive, já orientaram os ciristas a saírem do grupo “Ciro Gomes 100%”, dada a linha agressiva e direitista que realmente lembra o bolsonarismo. Ah, esse grupo não integra a Rede Ciro!
    Isso responde 90% da “tese” da matéria.
    Os outros 10% são as “chamadas” para que os ciristas entrem nos comentários. Isso nós fazemos mesmo. Entrevistas de Ciro a gente mobiliza para curtir e apoiar, matérias de bolsonaristas a gente mobiliza pra responder e matérias de petistas idem. Por que, diabos, a Revista Fórum afirma que isso é um gabinete do ódio é pergunta para os sábios chineses responderem…

    2

    0

  • se formos com calma contra toda essa malta contrária ao Ciro, vamos ficar ouvindo barbaridades as mais absurdas como se fossem verdades.
    reagir sempre e com muita inteligência e a sabedoria de quem está do lado da verdade.

    0

    0

Deixe uma resposta