Em apoio à greve de caminhoneiros, movimentos sociais convocam dia nacional de luta para quarta-feira (30)

Os movimentos sociais que compõe as Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo convocam para dia nacional de luta nesta quarta-feira, dia 30 de maio, pela redução do preço dos combustíveis, em apoio à greve de caminhoneiros e petroleiros. Além disso, criticam o governo de Michel Temer e a gestão de Pedro Parente na Petrobras, exigindo sua demissão e fim de qualquer tentativa de privatização da estatal.

Confira a íntegra da convocação:

QUARTA, 30 DE MAIO É DIA NACIONAL DE LUTA

Pela redução do preço do gás e do combustível, Frentes convocam dia nacional de luta.

O povo brasileiro está indignado com o alto custo de vida, o valor do gás e do combustível, que já foi reajustado mais de duzentas vezes em dois anos e exige respostas imediatas.

Por isso apoiamos a luta dos caminhoneiros em greve e dos petroleiros que iniciarão uma greve de advertência de 72h à 0h do dia 30.

Nosso apoio se concretiza com solidariedade e luta! Portanto chamamos todas as pessoas a participarem do Dia de Luta em todo o país nesta quarta-feira, dia 30 de Maio.

A disparada do preço do combustível se deve à política implantada por Michel Temer e Pedro Parente que submetem o nosso país, autossuficiente em petróleo, às variações e interesses do mercado internacional.

Enquanto Temer e sua base atuam para entregar a Petrobras às empresas multinacionais, agravando o problema dos preços do gás e dos combustíveis, nós dizemos que ela é do Brasil. É patrimônio do nosso povo e vamos continuar a defendê-la. Por isso, exigimos a saída imediata do presidente da Petrobras Pedro Parente, a mudança na política de preços e o fim de qualquer tentativa de desmonte e privatização.

Está claro que o caos que o nosso país vive é fruto direto da falta de democracia e de um governo ilegítimo que está de costas para o povo. Por isso, mais do que nunca, é fundamental a garantia de eleições livres e democráticas com a participação de todas as candidaturas. A única saída dessa crise passa pela retomada da democracia e pela defesa dos direitos do povo, contra todo o tipo de repressão.

Pela redução do preço do diesel, da gasolina e do gás de cozinha!

Mudança imediata da política de preços dos combustíveis: Fora Parente!

Em defesa da Petrobras estatal, não à privatização!

Fora Temer! Por eleições livres e democráticas!

FRENTE POVO SEM MEDO
FRENTE BRASIL POPULAR

Veja também a nota conjunta das duas frentes sobre a greve dos caminhoneiros divulgada na sexta (25): http://bit.ly/2xdXG2f

Frente Brasil Popular e Povo Sem Medo convocam atos em apoio à greve de caminhoneiros

Deixe uma resposta