IBOPE: Ciro cresce, empata com Marina, e venceria Bolsonaro no 2º turno

Saiu na noite desta quarta-feira (05/09) a pesquisa Ibope de intenções de votos dos candidatos à Presidência da República. Programada para sair no dia anterior, a divulgação foi adiada tendo em vista que o Ibope, diferentemente do que foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), pesquisou apenas o cenário em que Fernando Haddad (PT) aparece como candidato da coligação do PT, tendo em vista a rejeição da candidatura do ex-presidente Lula. Em razão disso, o Ibope apresentou consulta ao TSE para solicitar autorização de divulgação dos resultados que, contudo, foi rejeitada por questões processuais.

O levantamento foi encomendado pela TV Globo e pelo jornal “O Estado de S.Paulo”. É a segunda pesquisa do Ibope feita após a oficialização das candidaturas na Justiça Eleitoral e o primeiro depois da decisão do TSE que barrou a candidatura de Lula.

A pesquisa foi realizada entre os dias 1 e 3 de setembro, com 2.002 eleitores e tem margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

PRIMEIRO TURNO

O candidato Jair Bolsonaro (PSL) aparece na liderança, com 22% das intenções de voto. Ciro Gomes (PDT) e Marina Silva (Rede) estão na sequência, empatados no segundo lugar, com 12% cada. Eles estão empatados tecnicamente com Geraldo Alckmin (PSDB), que apresentou 9% das intenções.

Haddad (PT) tem 6%, Alvaro Dias (Podemos) e João Amoêdo (Novo) estão com 3% cada um. Henrique Meirelles (MDB) tem 2% e Guilherme Boulos (PSOL), Vera (PSTU) e João Goulart Filho (PPL) têm 1% cada. Cabo Daciolo (Patriota) e Eymael (DC) não pontuaram. Brancos, nulos e indecisos somam 28%.

O levantamento anterior do Ibope, feito entre os dias 17 e 19 de agosto, apresentou os seguintes percentuais no cenário em que Haddad apareceu como o candidato petista: Bolsonaro, 20%; Marina, 12%; Ciro, 9%; Alckmin, 7%; Haddad, 4%; Alvaro Dias, 3%; Eymael, 1%; Boulos, 1%; Meirelles, 1%; Amoêdo, 1%; Cabo Daciolo, 1%; Vera, 1%; João Goulart Filho, 1%; Branco/nulos: 29%; Não sabe/não respondeu: 9%.

Comparativo entre as duas últimas pesquisas Ibope de intenção de votos para Presidência da República. Fonte: Ibope

Assim, Ciro Gomes foi o candidato que mais cresceu entre as pesquisas, passando de 9% para 12% das intenções. Marina Silva, por sua vez, manteve-se estagnada em 12%. Haddad, Alckmin e Bolsonaro subiram 2% cada.

SEGUNDO TURNO

No segundo turno, todos os candidatos vencem a disputa contra Bolsonaro, com exceção de Haddad, com quem há empate técnico.

A simulações foram as seguintes:

Ciro 44% x 33% Bolsonaro  – branco/nulo: 19%; não sabe/não respondeu: 4%

Alckmin 41% x 32% Bolsonaro – branco/nulo: 23%; não sabe/não respondeu: 4%

Marina 43% x 33% Bolsonaro – branco/nulo: 20%; não sabe/não respondeu: 3%

Bolsonaro 37% x 36% Haddad – branco/nulo: 22%; não sabe/não respondeu: 5%

REJEIÇÃO

A taxa de rejeição, ou seja, quando o eleitor afirma em qual candidato não votaria de jeito nenhum, foi a seguinte:

Bolsonaro: 44%; Marina: 26%; Haddad: 23%; Alckmin: 22%; Ciro: 20%; Meirelles, Cabo Daciolo e Eymael: 14%; Alvaro Dias, Boulos e Vera: 13%; Amoêdo: 12%, João Goulart Filho: 11%, Poderia votar em todos: 1%, Não sabe/não respondeu: 10%.

Nesse quesito, os entrevistados puderam escolher mais de um candidato.

1 Comentário

Deixe uma resposta