RICARDO CAPPELLI: Linha definida da Globo: a luta continua

A Globo procura inserir a soltura de Lula num quadro de vitória da impunidade. Cobre a saída do tucano Azeredo da cadeia, lista os políticos e empresários que podem sair e divulga que 5 mil criminosos vão deixar a prisão.

A emissora estende tapete vermelho para o presidente da CCJ defender a PEC da prisão em segunda instância. No Senado parece que existe maioria a favor. É muito pouco provável que avance na Câmara.

A luta em defesa do Estado Democrático de Direito continuará. A disputa pela bandeira do combate à corrupção voltará com toda força.

Celso de Mello e Marco Aurélio se aposentam até 2021. Bolsonaro indicará. Os dois votaram contra a prisão em segunda instância. Fux, a favor da prisão, será o próximo presidente do STF. Não é absurdo imaginar uma reviravolta com estabelecimento de nova jurisprudência.

O restabelecimento da Constituição foi uma importante vitória. Mas a guerra está longe de estar ganha. A luta continua.

Por Ricardo Cappelli

Deixe uma resposta