Olavo de Carvalho acusa Bolsonaro e ameaça derrubar o governo

Olavo de Carvalho está ressentido. Em vídeo publicado no início deste domingo, o escritor e guru do bolsonarismo resolveu atacar a própria criatura. Dizendo-se abandonado e perseguido, acusou os ditos “olavistas” de largarem-no à mingua.

Tratando-se de Bolsonaro, Olavo afirmou que o presidente “prevarica” ao não prender membros do STF e que poderia “colocar fim ao seu governo” a hora que quisesse. Ressaltando, inclusive, “ser tarde para qualquer mudança”.  Sobre o Generalato palaciano, afirmou: “são covardes, têm medo até do Felipe Neto”. Sobre Luciano Hang (Véio da Havan) afirmou:“  É um palhaço que não tem cultura e não gosta de quem tem”.

Além das acusações, Olavo também criticou o despreparo do presidente, assumindo que indicou Velez Rodriguez (ex-ministro da educação) sem saber de quem se tratava.

O impacto foi grande. O nome de Olavo ficou em primeiro lugar nos trending topics do Twitter brasileiro durante boa parte da madrugada. É cedo para mensurar os danos causados pelo vídeo, contudo, não é fácil imaginar Bolsonaro – e seu delírio narcísico – aceitando a sugestão do professor Olavo de “enfiar a comenda no cú” de forma pacífica. Esta coluna cobrirá os próximos passos desta saga infindável que nos traz apenas a vontade nos vermos livres de seus personagens.  A hora que Olavo quiser, é claro.

Assista aos vídeos:

Parte 1:

Parte 2:

2 Comentários

Deixe uma resposta